Menu
Sábado, 2 de Julho de 2022
(67) 9 9645-0564


Até quando vai o frio em MS? Confira o que a meteorologia indica para os próximos dias
Itaquirai teve o dia mais frio do ano, nesta quarta-feira: 5ºC

O mês de maio está gelado em Mato Grosso do Sul. Nesta quarta-feira (18), Campo Grande ganhou o título de capital mais fria do país com registro de 4ºC. Se a temperatura já é baixa, a sensação térmica foi ainda menor: 2°C, de acordo com informações do meteorologista Natálio Abrahão Filho. 

Mínimas em MS nesta quarta-feira (18)

Ponta Porã: 6,1ºC
Iguatemi: 7,4ºC
Rio Brilhante: 4,1ºC
Três Lagoas: 8,4ºC
Água Clara: 7,4ºC
Ribas do Rio Pardo: 6,1ºC
Paranaíba: 8,2ºC
Bandeirantes: 5,4ºC
Camapuã: 5,6ºC
Coxim: 5,7ºC
Sidrolândia: 6,5ºC
Dourados: 5,0ºC
Ivinhema: 6,7ºC

O que todo mundo quer saber e o Jornal Midiamax responde para você é: até quando vai o frio em Mato Grosso do Sul? 

Se você gosta de frio, saiba que até o fim do mês as temperaturas estarão amenas, o famoso ‘friozinho’ ao amanhecer, contudo, a partir de quinta-feira (19), a temperatura vai subindo pouco a pouco, principalmente à tarde. 

A onda de frio, que atinge Mato Grosso do Sul e estados do Sul e Sudeste do Brasil, é resultado da forte massa de ar de origem polar que entrou no Brasil, causando acentuada queda da temperatura. 

Além do frio, as manchetes dos jornais destacaram nos últimos dias a tempestade Yakecan que atingiu o Rio Grande do Sul e Santa Catarina na terça-feira com ventos intensos que causaram intensa agitação no mar, deixando milhares de pessoas sem energia e pelo menos uma morte. Contudo, uma coisa não tem a ver com a outra. 

O meteorologista Natálio Abrahão Filho diz que não há relação entre a tempestade Yakecan e a onda de frio que atinge Mato Grosso do Sul e outros estados do Centro-Oeste, Sudeste e Sul do país. “São sistemas diferentes e separados”, explica. 

O pior já está passando!

Segundo a previsão de tempo, entre quarta-feira (18) e quinta-feira (19), devem ocorrer as menores temperaturas mínimas no Estado, podendo ser as menores temperaturas do ano até o momento. Há possibilidade de ocorrência de geada de fraca a moderada, principalmente no centro-sul do Estado.

A temperatura aumenta, levemente, em Campo Grande nos próximos dias. Na quinta-feira, as temperaturas ficam entre 7°C e 19°C. Na sexta-feira, entre 8°C e 21°C; no sábado, entre 10°C e 23°C; no domingo entre 12°C e 25°C. 

Dourados

Quarta-feira: 6°C e 18°C

Quinta-feira: 7°C e 20°C

Sexta-feira: 7°C e 22°C

Sábado: 9°C e 22°C

Domingo: 10°C e 26°C

Três Lagoas

Quarta-feira: 8°C e 19°C

Quinta-feira: 8°C e 21°C

Sexta-feira: 9°C e 24°C

Sábado: 9°C e 27°C

Domingo: 11°C e 29°C

Rio Brilhante

Quarta-feira: 7°C e 18°C

Quinta-feira: 8°C e 20°C

Sexta-feira: 7°C e 22°C

Sábado: 9°C e 25°C

Domingo: 10 e 27°C

Tempestade Yakecan

Segundo os meteorologistas, este sistema meteorológico já pode ser considerado um dos mais atípicos formados na costa brasileira. Foi formado sobre o oceano, a partir de um ciclone extratropical. Houve uma queda da pressão atmosférica muito acentuada e incomum, e então o sistema se deslocou em direção ao continente, o que é fora dos padrões normais. 

Conforme o Climatempo, nesta quarta-feira, a tempestade subtropical Yakecan ainda provoca ventania no Sul do Brasil. A tempestade atingiu o Rio Grande do Sul e Santa Catarina na terça-feira com ventos intensos que causaram intensa agitação no mar, gerando grandes ondas de ressacas no litoral do Rio Grande do Sul. Milhares de pessoas ficaram sem energia na terça-feira por causa da queda de árvores e postes sobre a fiação, na região gaúcha. 

A meteorologia indica que nesta quarta-feira, a tempestade subtropical se desloca pelo litoral de Santa Catarina e segue para a costa de São Paulo na quinta-feira, mas já enfraquecido em alto-mar. Os ventos no Sul do Brasil tendem a diminuir no decorrer já na tarde ou noite desta quarta-feira.