ITAQUIRAÍ
sábado - 15/06/2024

Racismo contra Vini Jr: juiz arquiva denúncia após autores de ofensas não serem identificados

Mais Lidas

Um juiz de Pamplona (norte da Espanha) arquivou uma denúncia por insultos racistas contra o atacante Vinicius Jr., do Real Madrid, durante uma partida da última Liga contra o Osasuna, por não ter conseguido determinar “a identidade dos autores”.

O magistrado do tribunal número 4 de Pamplona admitiu que “os fatos podem constituir um crime”, segundo o despacho do juiz, citado esta terça-feira num comunicado do Superior Tribunal de Justiça de Navarra (TSJN).

Os insultos ao brasileiro do Real Madrid foram denunciados à justiça pela LaLiga após o jogo com o Osasuna, de 18 de fevereiro de 2023. O atacante do time foi alvo de insultos racistas em vários jogos da última temporada, gerando reação das autoridades.

Em Madri, a promotoria pediu quatro anos de prisão contra quatro acusados ​​de pendurar um boneco com a camisa de Vinicius em uma ponte da capital, antes de uma partida da Copa del Rey, há um ano.

Em outubro passado, o jogador testemunhou perante um juiz de Valência no âmbito da investigação que se realizava pelos insultos que recebeu num jogo da Liga contra a equipa do Che, no dia 21 de maio do ano passado.

Vinicius garantiu durante a cerimônia da Bola de Ouro, em novembro, que “é triste falar hoje de racismo, mas é preciso continuar lutando para que as pessoas sofram cada vez menos”. O brasileiro fez estas declarações numa cerimónia onde recebeu o prémio Sócrates, que premia projetos educativos no seu país e simboliza a sua luta contra a discriminação.

Mais Notícias

spot_img

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas Notícias